Menu Fechar Menu
Icone Telefone Icone Whatsapp Televendas 62 3092.5700
Voltar

Camada amortecedora do sistema de impermeabilização

Muitas vezes, proteger sua casa ou empresa contra a entrada de água é mais do que um simples caso de usar impermeabilizantes. Para uma impermeabilização versátil e duradoura, é importante considerar a necessidade de uma camada amortecedora. Mas o que é uma camada amortecedora? E qual é a sua função na impermeabilização? Neste artigo, vamos explicar exatamente o que é uma camada amortecedora, como ela funciona e quando ela é necessária para o melhor desempenho das membranas impermeabilizantes.

 

O que é uma camada amortecedora?

Uma camada amortecedora é uma camada de material usada em projetos de impermeabilização para proteger a camada impermeabilizante contra danos mecânicos causados por cargas, impactos, abrasão e aumentar o desempenho e vida útil.

 

Como ela é usada na impermeabilização?

A camada amortecedora é aplicada sobre a camada impermeabilizante para funcionar como uma barreira protetora. Esta absorve e distribui as tensões geradas por cargas estáticas ou dinâmicas, prevenindo a deformação, perfuração ou desgaste prematuro do revestimento impermeabilizante.

O material a ser utilizado depende das necessidades específicas do projeto, levantando fatores como a carga esperada, exposição a agentes químicos ou resistência ao tráfego. Além disso, a camada amortecedora pode contribuir para a drenagem de água e redução de calor transferido para o revestimento impermeabilizante.

 

Vantagens e desvantagens de usar a camada amortecedora:

Para preservar a impermeabilização dos esforços físicos, a camada amortecedora tem se mostrado uma das técnicas mais comuns. Contudo, ela apresenta tanto vantagens quanto desvantagens e riscos. Entre as principais vantagens, destacam-se:

1.    Proteção adicional: A camada amortecedora serve como uma barreira adicional a camada mecânica, protege a membrana/manta impermeabilizante subjacente contra danos físicos, como impactos e perfurações.

2.    Resistência à compressão: Esta camada oferece resistência à compressão, a fim de garantir que a carga e a pressão aplicada na superfície impermeabilizada sejam distribuídas uniformemente, minimizando assim o risco de desintegração.

3.    Absorção de tensões: A camada amortecedora tem a capacidade de reduzir as tensões e movimentos estruturais, diminuindo o estresse na membrana impermeabilizante, o que amplia a vida útil [https://www.impertudogo.com.br/dica/23-voce-sabe-a-diferenca-entre-vida-util-e-garantia/] do sistema.

4.    Isolamento térmico e acústico: Uma camada amortecedora pode conferir à estrutura propriedades de isolamento térmico e acústico, dependendo do material utilizado, e assim contribuir para uma diminuição da transmissão de calor e do ruído.

 

No entanto, existem algumas desvantagens que inviabilizam a utilização da camada amortecedora, que são as seguintes:

1.    Espessura adicional: A camada amortecedora acrescenta uma espessura extra ao sistema de impermeabilização, o que pode ser problemático em casos em que existem áreas com restrições de altura.

2.    Custo adicional: A inclusão da camada amortecedora pode aumentar o custo total do sistema de impermeabilização devido à necessidade de materiais adicionais e mão de obra.

3.    Complexidade da instalação: A aplicação correta da camada amortecedora requer habilidades e conhecimentos específicos, tornando a instalação mais complexa do que um sistema de impermeabilização padrão.

4.    Peso adicional: O peso total da estrutura pode ser alterado de acordo com o material selecionado para a camada amortecedora.

 

Autora: Eng. Civil Esp. Em Patologias Alliny Izabely Do Vale Portes 
E Coautor: Eng. Civil Esp. Em Impermeabilização Wigor Lima